Conheça a Fenavist

A Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores, Fenavist, é uma entidade sindical patronal criada para representar os interesses do segmento de segurança privada brasileiro.

A Fenavist foi fundada em 1º de março de 1989 pelos Sindicatos dos seguintes estados: Ceará, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Sua criação resultou da necessidade que o segmento teve de se organizar e de oferecer um trabalho de qualidade e credibilidade, determinado pela legislação que regulamentou o setor da segurança privada no Brasil (Lei 7.102/83).

Com sede em Brasília, no centro da Capital Federal, a Fenavist representa cerca de 2.400 empresas, responsáveis pela geração direta de aproximadamente 700 mil empregos. A Fenavist tem jurisdição nacional, sendo também filiada à Confederação Nacional do Comércio, de Bens, Serviços e Turismo (CNC), além da Federação Panamericana de Segurança Privada (FEPASEP) e da World Security Federation (WSF).

Em parceria com os Sindicatos, Associações e Empresas, a Fenavist tem o compromisso de representar seus empresários de forma ampla, ética e transparente, com o objetivo de unir a comunidade da Segurança Privada do Brasil, prestando serviços e promovendo a modernização e o crescimento da atividade.

História

Criação da Federação Nacional

No ano de 1982, na cidade de Curitiba, no Paraná, estavam reunidos os empresários de segurança privada e asseio e conservação de todo o país num seminário promovido pelo Sindicato do Estado para exposições e debates com empresários, autoridades e técnicos, sobre os problemas que afetavam as empresas, especialmente as decisões da Justiça do Trabalho, desconhecendo a sua legitimidade como empregadoras, estando presente o Delegado Regional do Trabalho e a Dra. Celita Oliveira Sousa, convidada para proferir uma palestra, auxiliada pelo empresário e economista Lélio Vieira Carneiro, sobre o tema “Legalidade e Função Sócio Econômica das Empresas de Vigilância, Asseio e Conservação”, tema esse do primeiro livro lançado no Brasil sobre a terceirização, surgiu pela primeira vez a ideia da necessidade de se contar com Federação Nacional para a defesa uniforme dos direitos e interesses das empresas em todo o país, por proposta do empresário Cláudio Neves, do Estado Bahia, que emocionou com o seu discurso todos os presentes, e obteve unânime aprovação.

As lideranças das empresas de segurança e de asseio e conservação naquela época atuavam em conjunto, ao enfrentar problemas comuns relativos aos ataques quanto a legalidade das atividades, e assim, sentiram a necessidade de se unir e criar uma entidade forte para ganhar representatividade. A ideia inicial era criar uma única Federação, o que não foi possível devido a diferenças no enquadramento sindical, segundo a CLT e algumas divergências internas, e, assim, foi criada inicialmente a FEBRAC - Federação Brasileira das Empresas de Asseio e Conservação, no ano de 1983, só vindo a FENAVIST a ser fundada no ano de 1989, tendo como primeiro Presidente o empresário, hoje Senador Eunício Lopes de Oliveira.

Após a ideia de criar a Federação Nacional, os empresários de então começaram a percorrer o Brasil inteiro para a criação de sindicatos, pois a lei exigia um número mínimo de cinco sindicatos para que uma federação fosse registrada.

Criados os sindicatos, no dia primeiro de março de 1989, na Avenida Pacaembu, em São Paulo, nascia oficialmente a Federação Nacional dos Sindicatos das Empresas de Segurança, Vigilância e Transporte de Valores (Fenavist), que depois viria a se chamar Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores. Sindicatos fundadores: Sindesp/DF, Sindesp/RJ, Sindesp/RS, Sindesp/CE, Sindesp/PR, Sindesp/MG, Sindesp/PE.

A Fenavist foi criada pela vontade de conscientização da sociedade por parte de todos os membros. Foi através da aproximação dos trabalhadores que queriam a valorização da classe; do movimento dos sindicalistas laborais com os empresários, que o setor de Serviços passou a ser respeitado em todo o país.

Atualmente, impulsionada pelo propósito de representar o segmento em todo o país, a Fenavist tem buscado inovar na qualidade dos serviços prestados e modernizar-se para acompanhar as mudanças do país.

Missão e Visão

Missão

Assegurar às atividades de segurança privada melhores condições para gerar resultados positivos e contribuir para o desenvolvimento da sociedade.

Visão

Liderar o segmento empresarial representando com reconhecida influência no desenvolvimento das atividades da segurança privada, da sociedade e dos poderes constituídos.

Política de Qualidade

A Fenavist tem o compromisso de representar, com ética e excelência, os interesses da Segurança Privada no Brasil, assegurando sua credibilidade, resultados e sustentabilidade, através de:

  • Investimentos constantes na capacitação dos seus colaboradores, diretores e representados;

  • Utilização de recursos tecnológicos modernos;

  • Valorização dos profissionais da atividade;

  • Participação ativa no cenário nacional;

  • Melhoria constante dos seus processos.

A Fenavist tem consciência do seu importante papel no desenvolvimento e aperfeiçoamento dos Sindicatos, das empresas e profissionais de segurança privada do Brasil, na melhoria da segurança da sociedade e no desenvolvimento de ações sociais para a comunidade e, desta forma, continuará como referência da segurança privada do Brasil.

Bandeiras da Federação

  • Fortalecimento da representatividade;

  • Gestão Pública e eficaz;

  • Racionalização dos tributos;

  • Liberdade individual e coletiva na relação de emprego;

  • Combate à informalidade e luta pela longevidade das empresas;

  • Integração da Segurança Pública e Segurança Privada;

  • Lutar de forma intransigente para a soberania da segurança privada nacional.

Atividades da Federação

  • Interceder junto a autoridades competentes em busca de soluções e entendimentos com base nos interesses e direitos da categoria

  • Promover e assistir as empresas na realização e elaboração de Convenções e Acordos Coletivos de Trabalho, bem como auxiliar na resolução de conflitos em dissídios coletivos

  • Celebrar convênios e parcerias com sindicatos, entidades, empresas públicas e privadas, entre outros, no intuito de unir forças em assuntos de interesse comum

  • Participar da administração dos serviços sociais SESC e SENAC, por meio de conselheiros eleitos

  • Desenvolver trabalho junto a Confederação Nacional do Comércio (CNC)

  • Exercer representatividade na Comissão Consultiva para Assuntos de Segurança Privada (CCASP)

Sede

Localizada no SBS, Quadra 2, bloco E, salas 1601/1602- Ed. Prime, a sede da Fenavist possui infraestrutura moderna e necessária a todas as atividades administrativa, financeira, de comunicação e estratégicas da Federação.